Engana-se quem pensa que acompanhar o mercado de petróleo serve apenas para saber se é hora para comprar ou vender as ações da Petrobras.

Há mais de 50 anos o petróleo é a maior fonte de energia primária do planeta. Além dos combustíveis comuns, a química do petróleo originou o aparecimento de uma enorme quantidade de produtos derivados, que fazem parte integrante do cotidiano das sociedades desenvolvidas: plásticos, asfalto, borrachas sintéticas, tintas, solventes, produtos cosméticos, entre outros.

É considerado o combustível que move o mundo e, por ser tão importante no desenvolvimento da economia global, é essencial para que companhias petrolíferas, indústrias e até mesmo os governos possam planejar seus investimentos. Daí a importante influência que as variações do preço do petróleo causam à economia do planeta e justamente por esta razão, sua administração e demanda são muito importantes.

Sua formação de preço é extremamente sensível a qualquer acontecimento que impacte negativamente os fluxos produtivos, tornando o petróleo o ativo mais volátil do mundo, ou seja, o que os preços oscilam mais rapidamente e de maneira mais drástica.

É exatamente por isso que muitos investidores (como fundos de hedge focados em commodities e PF’s) nacionais e internacionais gostam de operar este ativo: alavancagem, boa liquidez e volatilidade… todos os componentes necessários para a escolha do melhor ativo.

* Tome Nota: Qualidade do produto influencia na cotação.

As diferenças observadas na cotação do barril de petróleo são, antes de tudo, em função de sua qualidade. Diferenciam-se assim o Arabian Light, que vem do Oriente Médio, o petróleo Brent produzido no Mar do Norte (parte do oceano Atlântico situado a sul do mar da Noruega, entre a Noruega e as Ilhas Britânicas, ligando o canal Skagerrak – que separa a Noruega da Dinamarca – ao canal da Mancha, que separa a Inglaterra da França), e o WTI – West Texas Intermediate, produzido nos Estados-Unidos, que é o mais negociado no mundo

Vamos focar nos dois principais tipos de barris de petróleo:

Embora ambos se refiram a barris de petróleo bruto, existem diferenças importantes entre eles:

WTI – West Texas Intermediate: Os preços do WTI são os do petróleo produzido nos Estados Unidos, principalmente nos estados de Oklahoma e Texas. O seu preço costuma associar-se ao barril de Brent. Seus contratos futuros são negociados na NYMEX (sigla para New York Mercantile Exchange), parte do CME Group (Chicago Mercantile Exchange Group), o principal mercado de derivativos do mundo.

Brent: O barril de Brent é o preço do petróleo bruto produzido nos campos de petróleo do Mar do Norte, mas também é a cotação de referência para as produções de África e Médio Oriente. O seu preço acostuma ser ligeiramente mais alto do que o do WTI, particularmente depois da crise de excesso de produção nos E.U.A. Seus contratos futuros são negociados na London Stock Exchange – LSE, principal Bolsa de Valores da Inglaterra e do reino Unido.

 

Curiosidades sobre o Petróleo

Ao contrário de outros ativos, onde ao término de cada contrato há a possibilidade da liquidação financeira, o petróleo é um produto com entrega física (entenda: ao final do contrato – final de cada mês, o titular da posição terá que entregar a mercadoria física se for vendida ou receber a entrega se comprada).

Compradores de grande escala de petróleo acessam a Bolsa de Valores de Chicago – CME para se protegerem contra flutuações no preço que eles pagam por combustível. Normalmente são esses os perfis que esperam receber o produto físico.

A entrega física pode ser feita cidade de Cushing, Oklahoma nos Estados Unidos, onde cada contrato equivale a 1000 barris de Petróleo e cada barril são aproximadamente 159 litros

Entretanto, os contratos futuros de petróleo também servem como referência global para um grupo diversificado de participantes que inclui, tanto operadores que esperam lucrar com as mudanças de preços nesses mercados altamente sensíveis (especuladores), quanto as maiores empresas industriais e instituições financeiras do mundo que buscam ferramentas eficazes de gerenciamento de risco. Esses participantes normalmente realizam operações de curtíssimo prazo, dispensando a entrega ou recebimento físico do petróleo.

Particularidades do Ativo

• Símbolo do contrato: CL
• Unidade do contrato: 1.000 barris
• Liquidez mínima: 1 contrato
• Cotação: EUA Dólares e centavos por barril
• Meses de vencimento: todos os meses do ano
• Horário de negociação: Praticamente 24h por dia, durante 7 dias da semana.

 

 

Códigos de Vencimento

Vantagens de Operar Petróleo

– Possibilidade de se fazer Hedge e proteger-se contra as oscilações dos preços, dando a flexibilidade e segurança aos produtores do petróleo, indústrias e diversos setores que utilizam o petróleo para planejar melhor seu fluxo de caixa.
– Possibilidade de especulação na variação de preços do Petróleo. Se o investidor achar que o preço vai cair, ele poderá vender contratos futuro de Petróleo, sem investir dinheiro (somente a margem inicial), tendo seu lucro ou prejuízo diariamente nos ajustes diários, conforme variação do preço do barril de petróleo.

 

Riscos de Operar Petróleo

– A commodity tornou-se um produto estratégico por excelência e a garantia do seu abastecimento tem sido a causa de muitos dos conflitos que o mundo tem vivido. A instabilidade política afeta muito os preços do petróleo bruto porque alguns dos principais centros de produção estão em regiões instáveis e isto altera a produção. Por isso, qualquer mudança na produção provoca também uma mudança nos preços
– Também se tem que ter em conta o contexto político e normativo dos principais países produtores de petróleo bruto (E.U.A., Rússia, Canadá, China, México e os países da OPEP). Quanto mais favorável à extração forem as leis destes países, maior será a quantidade de petróleo nos mercados e, em consequência, menor o seu preço. A principal razão para as descidas dos preços costuma ser o excesso de abastecimento.
– O estado dos mercados também incide sobre o preço, especialmente em termos de especulação a curto prazo (day trade), que é responsável pela maior parte das operações.

Nota: Cada ativo tem um desempenho diferente, dependendo de diversas variáveis. Ativos extremamente voláteis não devem ser operados sem conhecimento prévio. Profissionalize-se.

 

Conheça o seu perfil de investidor: Antes de investir em qualquer ativo, conheça a sua tolerância aos riscos e veja se a bolsa de valores é adequada para o seu perfil.

Inscreva-se e baixe agora o nosso infográfico exclusivo sobre Swap Cambial

Saiba o que é swap cambial de forma detalhada, visual e simples com nosso infográfico e não esqueça mais o que são essas operações do mercado financeiro.

Você se inscreveu com sucesso!