PANORAMA LAATUS BRASIL @laatus
São Paulo, quinta-feira, 03 de outubro de 2019

Parte 1
A agenda de indicadores e eventos desta quinta-feira traz os dados de encomendas à indústria e a leitura do índice de gerentes de compras (PMI) nos Estados Unidos. No Brasil, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apresenta o indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo.

EUA
O Escritório do Representante Comercial (USTR, na sigla em inglês) dos Estados Unidos divulgou comunicado nesta quarta-feira, após o país vencer uma disputa com a União Europeia e receber aval da Organização Mundial de Comércio (OMC) para impor US$ 7,5 bilhões em tarifas contra produtos do bloco. O governo americano qualificou esse montante como o maior já definido em retaliações permitidas pela OMC, nesse caso por causa de subsídios europeus à Airbus. O USTR diz que as tarifas devem afetar “uma série de importações” da UE, com a maioria delas tendo como alvo produtos de França, Alemanha, Espanha e Reino Unido, “os quatro países responsáveis pelos subsídios ilegais”.

O processo se arrasta há 15 anos e foi calculado a partir de perdas que a concorrente Boeing teve no setor por causa do apoio dado à Airbus. A nota americana lembra que a decisão é final e a UE não poderá apelar.

“Embora o USTR tenha a autoridade para aplicar uma tarifa de 100% sobre os produtos afetados, neste momento as elevações de tarifas serão limitadas a 10% sobre aviões civis de grande porte e 25% sobre produtos agrícolas “e outros”, diz o texto. “Os EUA têm a autoridade para elevar as tarifas a qualquer momento, ou mudar os produtos atingidos”, ressalta a nota.

Os EUA ainda pediram uma reunião na OMC em 14 de outubro para que seja avalizada a punição contra os produtos da UE. Pelas regras do órgão, a OMC deve dar autorização automaticamente para isso nessa reunião, sem a possibilidade de que o bloco europeu retalie, lembra o comunicado. As tarifas devem entrar em vigor em 18 de outubro.

O USTR divulgou ainda uma extensa lista de produtos atingidos. Além dos aviões civis, whisky irlandês, café, azeite, queijo e biscoitos estão na lista. Há ainda carne suína congelada, exceto cortes do varejo, alguns pedaços de carne de porco e vários outros itens.

Europa
As vendas no varejo da zona do euro subiram 0,3% em agosto ante julho, segundo dados publicados hoje pela agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), a Eurostat. O resultado veio um pouco abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam alta de 0,4% nas vendas.
Na comparação anual, as vendas do setor varejista do bloco cresceram 2,1% em agosto.
O dado mensal de julho foi ligeiramente revisado para cima, de queda de 0,6% para redução de 0,5%.

A Bolsa de Londres ampliou perdas após a divulgação mais cedo do índice de gerentes de compras (PMI) do setor de serviços do Reino Unido, que caiu de 50,6 em agosto para 49,5 em setembro, com a leitura abaixo de 50 sinalizando contração da atividade.

Brasil
Após o Senado rejeitar as mudanças no abono salarial da reforma da Previdência e retirar R$ 76,4 bilhões da economia prevista em 10 anos, a área econômica do governo do presidente Jair Bolsonaro avalia a possibilidade de incluir as mudanças no benefício na chamada “PEC Paralela”.

O governo estuda a retomada das alterações neste texto paralelo, que havia sido costurado pelo relator da Previdência no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), para destravar a votação da proposta principal da Previdência. A PEC paralela deve tramitar com um “delay” de 20 a 30 dias em relação à principal, segundo o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

A proposta do governo era restringir o benefício a quem ganha até um salário mínimo, mas a medida já havia sofrido resistência na Câmara. O texto aprovado pelos deputados restringia o benefício a quem recebe até R$ 1.364,43 por mês. Mesmo assim, a proposta foi rejeitada pelos senadores, que mantiveram a bonificação aos assalariados de até R$ 1.996,00.

A mudança no abono era considerada essencial pela equipe econômica, não apenas pelo impacto substancial, mas porque a política criada na década de 1970 é considerada disfuncional e desfocalizada.

Ao mesmo tempo que avalia a volta da restrição do abono via “PEC Paralela”, o governo deflagrou uma operação antidesidratação do texto – que segue em curso mesmo após o término do primeiro turno e agora mira na estratégia para destravar a votação da segunda etapa da reforma.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, ordenou que cada bilhão perdido no Senado seja compensado no chamado “pacto federativo”, que deve reunir medidas para descentralizar recursos em favor de Estados e municípios.

Petróleo
Os contratos futuros do petróleo operam em baixa na manhã desta quinta-feira, ainda reagindo a recentes indicadores fracos dos EUA que reavivaram preocupações com a desaceleração da economia global e a um aumento maior do que o previsto nos estoques americanos de petróleo bruto apontado ontem pelo Departamento de Energia (DoE). Investidores também acompanham tensões comerciais entre EUA e União Europeia. Ontem, o governo americano anunciou que vai impor tarifas a bilhões de dólares em exportações da UE, após a Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizar a Casa Branca a adotar medidas retaliatórias por causa de subsídios concedidos pelo bloco à Airbus.

Agenda quinta-feira, 03 de outubro de 2019

09:30 – BRL/BC: LEILÃO DE VENDA À VISTA DE DÓLARES DAS 9H30 ÀS 9H35 DE US$ 525 MILHOES
09:30 – BRL/BC: OPERAÇÃO DE SWAP CAMBIAL REVERSO DAS 9H30 ÀS 9H35 DE US$ 525 MILHOES

09:30 EUA/Discurso de Quarles, membro do FOMC
09:30 EUA/Pedidos Iniciais por Seguro-Desemprego 215K 213K
10:45 EUA/PMI Composto Markit (Sep) 51,0 51,0
10:45 EUA/PMI do Setor de Serviços (Sep) 50,9 50,9
11:00 EUA/Encomendas à Indústria (Mensal) (Aug) -0,2% 1,4%
11:00 EUA/ISM Não-Manufatura: Emprego (Sep) 53,1
11:00 EUA/PMI ISM Não-Manufatura (Sep) 55,0 56,4
13:10 EUA/Discurso de Mester, membro do FOMC

11:30 Banco Central faz leilão de até 11.000 contratos de swap cambial (US$ 550 milhões) para rolagem dos vencimentos de Outubro de 2019

primeira Semana: (boa)
Índices Mundiais: (+)
Índice Dólar: (+/-)
Posição estrangeiros: (–) Venderam 25.129 – Posição dos Estrangeiros no contrato X19 +107.496
Notícias Locais: (+/-)
S&P: (-)
Petróleo: (+/-)

Fechamento DOLU19: 4.137,00
Ajuste anterior DOLU19: 4.169,38
Ajuste DOLU19: 4.150,97

Panorama é um canal aberto e todos são muito bem vindos!
Link do panorama: https://t.me/joinchat/AAAAAD3hFpezBxsfrrqVzA

Conheça o Grupo LAATUS

Home

http://www.laatussummit.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/laatus/
Instagram: https://www.instagram.com/jeffersonlaatus/
Instagram: https://www.instagram.com/laatussummit/
Spotify: http://bit.ly/spotify-laatus

PANORAMA LAATUS BRASIL @laatus